Equilíbrio Hormonal

As hormonas são substâncias produzidas por glândulas endócrinas* que funcionam como mensageiros e actuam à distância do local onde são produzidas. Esta comunicação entre a glândula endócrina e o órgão pode sofrer falhas resultantes dos seguintes fatores:

  • Produção insuficiente de hormonas, por falta de matéria-prima, defeitos no processo de fabricação ou inexistência da glândula endócrina;
  • Produção excessiva de hormonas;
  • Defeitos na recepção ou interpretação da mensagem (hormonas);

* Principais glândulas endócrinas:

  • O hipotálamo;
  • A epífise;
  • A hipófise;
  • A tiroide;
  • As paratiroides;
  • As suprarrenais;
  • O pâncreas;
  • Os ovários;
  • Os testículos.

Para que servem as hormonas?

As hormonas desempenham várias funções essenciais para o bom funcionamento do organismo, nomeadamente no controlo do crescimento e desenvolvimento, reprodução, regulação do metabolismo, determinação do ritmo circadiano e ciclo sono-vigília, modulação da função do sistema imunitário e controlo da eliminação de água e concentração de sódio, potássio e cálcio.

Tanto homens como mulheres podem sofrer distúrbios hormonais. Embora a fase da vida em que se manifestam disfunções do sistema endócrino possa resultar de outros antecedentes e possa resultar em quadros clínicos completamente diferentes, a verdade é que é entre os 35 e os 40 anos de idade que começam a manifestar-se sintomas da quebra na produção de hormonas.

Quais os sintomas de distúrbios hormonais?

  • Aumento ou perda de peso.
  • Surgimento de acne.
  • Irregularidades no período menstrual.
  • Infertilidade.
  • Alterações na digestão.
  • Aumento anormal da fome.
  • Cansaço e irritabilidade.
  • Perda de massa muscular.
  • Alterações de memória e de funções cognitivas
  • Modificações do sono
  • Enxaqueca

Recomendações de prevenção:

  • Mudanças de alimentação, com hábitos mais saudáveis, evitando-se excesso de açúcar, sal e gordura;
  • prática regular de actividades físicas;
  • técnicas de relaxamento para diminuir o stress;
  • evitar o consumo de álcool, cigarro, anabolizantes e quaisquer outras drogas;

Alguns médicos recomendam a utilização de medicamentos para regularização e/ou reposição hormonal.

Embora os distúrbios hormonais consigam perturbar bastante aqueles que chegam a apresentá-los, saiba que já há várias alternativas para tratá-los e regularizá-los novamente. Quando há acompanhamento médico e manutenção de hábitos saudáveis, tudo fica mais fácil para ter uma vida repleta de bem-estar.

 

YOGA para o EQUILÍBRIO HORMONAL 

O que esperar?

O objectivo desta abordagem baseada no Yoga é equilibrar o sistema endócrino, evitando assim produções excessivas ou insuficientes de hormonas. Pretende-se com uma prática consciente regular e promover o bom funcionamento do sistema endócrino.

Através de exercícios respiratórios, posturas e outras técnicas suaves, despertamos e equilibramos as hormonas masculinas e femininas.

Benefícios

  • Proporciona mais energia
  • Ajuda a manter o peso adequado
  • Estimula a fertilidade
  • Reduz, e pode mesmo resolver, a enxaqueca
  • Aumenta a líbido
  • Aumenta o desejo sexual
  • Reduz riscos de Depressão
  • Reduz ansiedade
  • Melhora o sono
  • Fortalece o sistema imunitário
  • Reduz, e pode resolver, as dores pré-menstruais
  • Reduz, e pode resolver, os sintomas da menopausa
  • Reduz os sintomas da andropausa
  • Reduz o tamanho da próstata
  • Resolve a ejaculação precoce

Quem pode fazer?

A Terapia de Equilíbrio Hormonal está indicada a todas as faixas etárias e géneros, com o objectivo de devolver o equilíbrio ao corpo, contribuindo para o alívio dos sintomas da disfunção hormonal.

Esta técnica pode, e deve, ser conjugada com outras terapias, ou pode ser usada de forma individual, sempre de acordo com os objectivos definidos.

Local

Casa Maitreya | Carcavelos

Marcações

Por Marcação aqui, consoante disponibilidade de ambas as partes.

Sobre a Barbara e a sua formação, consulte aqui.